alimentos contra mau halito

alimentos contra mau halito


alimentos contra mau halito
Alguns pacientes, quando buscam o tratamento da halitose, têm a expectativa de uma solução mágica para seu problema, imaginando que fazendo o tratamento, o seu problema será curado e nada mais terá de ser feito.

Se entendermos a palavra cura como restabelecimento da saúde, sim, a cura é possível. Para que isso aconteça, novos hábitos de higiene, de alimentação e de vida terão de ser adotados e mantidos.

Entretanto, se estas rotinas não forem seguidas adequadamente, a halitose tem grandes chances de se manifestar e por este motivo o termo controle do mau hálito é muito mais apropriado.

Como exemplo, podemos citar uma pessoa que, após passar pelo tratamento, descobre que a saburra lingual é a principal causa de alteração de seu hálito. Ao aprender a técnica correta de limpeza da língua, o seu problema é sanado, desde que a limpeza da língua seja feita da maneira e na frequência corretas.

Entretanto, se a limpeza da língua for interrompida ou feita incorretamente, o mau hálito voltará. Assim, o mau hálito não foi curado e sim controlado, pois a manutenção dos resultados positivos depende de uma rotina de higiene diária adequada.

Finalizando, podemos afirmar que quando conseguimos diminuir a formação da saburra lingual, através do tratamento de suas causas, obtemos um percentual de cura. Isto possibilitará a limpeza da língua numa frequência menor.

Entretanto, conseguir interromper a sua formação é quase impossível, sendo ainda um desafio no tratamento da halitose.

O mais importante é que o mau hálito tem tratamento, com resultados rápidos e definitivos, desde que as orientações fornecidas durante o tratamento sejam seguidas

Alguns hábitos alimentares prejudiciais:

alimentos contra mau halito

  • Comer entre refeiçoes ou com muita frequência.
  • Comer muito quantidade excessiva)
  • Mastigar pouco e comer com pressa.
  • Usar alimentos que não combinam adequadamente com o seu organismo.
  • Refeiçoes noturnas, especialmente se exigirem longas digestão.
  • Usar uma grande variedade de alimentos na mesma refeição.
  • Usar líquidos com finalidade de amolecer os alimentos para mastigar menos e engolir mais facilmente no céu da boca após cada refeição, enxágue gargarejando com água morna.
  • Use palito de dente ou fio dental após cada refeição.
  • Beba bastante água, de maneira que a sua urina saia sempre clara.
  • Tome banho diariamente, esfregando-se com bucha natural.
  • Corrija problema de saúde como gastrite, úlcera, flatulência, intestino preso, problemas hepáticos.
  • Tome 1 copo grande de água morna (ou chá não-adoçado de comomila., hortelã  ou reva-doce) 5 minutos antes de tomar qualquer refeição.
  • Adote hábitos alimentares corretos.

Alimentação

Deve ser rica em frutas e verduras cruas e rica em cereais integrais. Deve-se evitar alimentos de difícil digestão.

Prefira os seguintes alimentos:

  • alimentos contra mau halitoVerduras salsinha crua, funcho, alface, acelga, almeirão, catalonha, escarola, hortelã, chicória.

ENFATIZE ALIMENTOS AMARGOS PARA ESTIMULAR O FLUXO DA SALIVA.

  • Legumes: abóbora, beterraba, jiló, quiabo, couve flor, abobrinha, azeitona, palmito, alcachofra, vagem.
  • Frutas mamão, abacaxi, maça, pêra, pinha, figo, caqui mole, mexerica, morango, damasco e pêssego.
  • Frutas secas: figo, tâmaras, ameixa.
  • Cereais: aveia, cevada, milho-verde, trigo em grão, arroz integral, (Todos bem cozidos e bem mastigados).
  • Iogurte desnatado natural.

Evite os seguintes alimentos contra mau halito:

Os de difícil digestão.

  • Gordurosos: frituras, massas podres, margarinas, receitas com alto teor de gorduras, etc.
  • Doces e sobremesas requintados.
  • Embutidos
  • Líquidos ás refeiçoes
  • Pratos preparados com muitos ingredientes

Encontre nossa página no  Google+

 

 

 

Deixe Seu Comentário