OBESIDADE INFANTIL

obesidade infantil

A obesidade na infância e na adolescência tem um papel determinado na incidência e hipertensão ( pressão alta ) durante a vida  adulta.

Essa é uma conclusão obtidas após o Serão de Pediatria da Sociedade de Estado do Rio de Janeiro ( Soperg ) realizado para discutir o tema “Nutrição Infantil “, Segundo os médicos, é necessário interferir nos hábitos alimentares da família , que, por consequência, vão influenciar nos hábitos do adolescente e adulto.

Por meio da boa alimentação é possível prevenir, desde a  infância ,doenças como câncer, osteoporose , hipertensão e arteriosclerose. Já está comprovado que uma dieta rica em cálcio para adolescentes pode ajudar prevenção da osteoporose da mulher na fase adulta. De acordo com os médicos, crianças filhas de pais hipertensos devem receber quantidades menores de sal na alimentação. Além disso, devem ser estimuladas a praticas hábitos alimentares saudáveis.

Os pais estão enganados quando incentivam seus filhos gorduchos a encherem o prato, acreditando que eles têm uma ótima saúde. Os bochechudos podem ter precocemente problemas de gente grande ligados á obesidade.

Hoje, segundo estudos, 30% das crianças estão acima do peso. Segundo a ABESO,os números triplicaram em 15 anos, pois os hábitos saudáveis estão sendo deixados de lado. As crianças crescem apresentando problemas de diabetes, hipertensão, desvios ortopédicos e colesterol alto.

Os tempos modernos serviram para agravar o quadro: as brincadeiras agitadas, de subir em árvores, jogar futebol, soltar pipas, correr, deram lugar ás horas em frente á TV ou ao videogame.

“Além disso, o apelo das comidas fast food é muito forte, haja vista a concentração de crianças e adolescentes nas praças de alimentação dos grandes Shopping Center”.

obesidade infantilPara evitar obesidade infantil que a maneira fora de forma de hoje. seja o adulto obeso de amanhã, os pais devem, sempre desde cedo, incentivar os bons hábitos alimentares, sempre procurando ter em casa alimentos saudáveis (frutas, sucos naturais e se possível deixar as crianças longe dos doces e comidas muito gordurosas).

 

Segundo um estudo do Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos, um terço dos adultos obesos começou a ter problemas ainda na infância. E mais de 98¨% das crianças são obesas por excesso de alimentação;incluindo aí doces, refrigerantes e comidas com excesso de gorduras principalmente fast food, além , é claro, de falta de exercícios (vida sedentárias).Apenas 2% das causas de obesidade têm origem genética e hormonal. Dietas baseadas nesse tipo de alimentação, futuramente, podem levar á pressão alta e ao entupimento de artérias e a outras doenças cardíacas.

Atitudes dos adolescentes: Há um senso de invencibilidade entre os adolescentes. eles acham que podem comer o que quiserem. As consequências desses maus hábitos alimentares virão no futuro em forma de doenças.

 

CONTRA OBESIDADE INFANTIL

 tome algumas atitudes, sobre obesidade infantil

 

Apresente á criança algumas atividades divertidas para que ela pratique. Incentive a pratica de pelos menos um esporte, mas deixe que a crianças diga o qual quer praticar.

  1. Corte os refrigerantes.Uma lata deles, por dia, resulta em      mais de 1.000 calorias por semana.

  2. sessão pipocaLight, mas apetitoso. Em vez de oferecer aqueles salgados de saquinhos, experimente fazer pipocas sem gorduras no micro-ondas.
  3. Peça ajuda na cozinha . A crianças se sente mais animada a devorar uma salada quando ela mesma brincou de mestre-cuca ajudando a preparar um jantar (sopa).

    Os pais devem dar o exemplos, por meio dos bons hábitos alimentares, não comendo alimentos gordurosos, doces e refrigerantes na presença das crianças. Devem incentivar os filhos e comerem frutas, tomarem sucos naturais e fazerem exercícios /esporte. Lembre-se, são os pais que fazem supermercados e, portando, põem os alimentos á mesa, por isso sua responsabilidade é grande na formação dos bons hábitos alimentares das crianças.

Encontre nossa página no  Google+

 

Deixe Seu Comentário