Importância do contato com animais de estimação é bom para a saúde

Importância do contato com animais de estimação é bom para a saúde

Jovens revelam experiências de melhora na saúde graças ao contato com os animaisImportância do contato com animais de estimação é bom para a saúde

Conviver com animais de estimação é bom para a saúde, já que eles podem ajudar a tratar doenças como a depressão e até mesmo a asma

Que os animais são incríveis companheiros, isso a gente já sabe. Conviver com um bichinho é a certeza de ter um amigo leal, que tornará os seus dias mais divertidos. Mas o que muitos ainda não sabem é o que os pets podem fazer pela nossa saúde. Cada vez mais pesquisas estão estudando o efeito que os animais de estimação podem ter em nosso organismo, nos fazendo mais saudáveis e felizes, e até auxiliando na cura e tratamento de muitas doenças. Para saber mais, conversamos com pessoas que obtiveram melhoras na saúde graças aos seus animais de estimação.

‘Quando eu tinha uma crise, ela me fazia companhia do jeito dela, mostrando que estava ali comigo’

A jornalista Maiara Costa, de 23 anos, sofre com transtorno de ansiedade e se trata com o apoio da psicoterapia. Entretanto, quem conhece a doença sabe que as crises durante o tratamento são normais e até frequentes. Para Maiara, a presença de Pipoca, sua calopsita, foi decisiva para a sua melhora. “É muito difícil pras pessoas entenderem que ansiedade é uma doença e não é algo que eu escolhi ter, e que existem muitos gatilhos que fogem do meu controle. Então as pessoas costumam se afastar, ou por não saber como ajudar, ou por julgamento mesmo, de achar que é frescura ou não é tão sério assim”, conta.

“Depois que a Pipoca entrou na minha vida, eu senti que tinha uma companhia o tempo todo”. Nos momentos de crises, a jornalista sabia que podia contar com o animal. “Quando eu tinha uma crise, ela me fazia companhia do jeito dela, mostrando que estava ali comigo. Ela ficava me distraindo, fazendo gracinha, pedindo carinho, até que eu estivesse me sentindo melhor”.

‘Sua companhia me fez querer levantar e tentar mais um dia’Animais de estimação também podem aliviar doenças físicas

Os animais, quando em contato com os humanos, acabam criando vínculos emocionais muito fortes. Foi o caso de Evellyn Eduardo, de 24 anos, diagnosticada com depressão desde os 7. Após o falecimento de sua mãe, a doença se agravou e dificultou o contato dela com outras pessoas. “As pessoas sentiam pena pela perda mas não entendiam o estrago que ela podia causar e quase sempre evitavam contato comigo e saber demais”, diz a jovem, que decidiu adotar uma gatinha no momento de maior tristeza de sua vida.

“Frida, minha gata, teve seu tempo de conhecer a casa e me conhecer completamente, e em todas as minhas crises se fez presente se deitando ao meu lado aonde fosse. Sua companhia me fez querer levantar e tentar mais um dia, e seu aconchego sempre me cuidou muito bem”, conta a monitora de call center, que melhorou seu convívio social depois da adoção da pet. “Depois que Frida chegou eu consegui me abrir para o mundo e conhecer novas pessoas e interagir mais”.

Senso de responsabilidade auxilia doenças psicológicas

O senso de responsabilidade de cuidar de um bichinho pode ser extremamente benéfico para pessoas que sofrem com doenças psicológicas. Foi o que aconteceu com a estudante Débora Dias, de 24 anos, que sofre com a depressão. “Sinto que só estou aqui por causa dos meus 5 gatos. Eles me ajudam muito a lidar com a depressão, sempre que penso em fazer besteira eles me vêm à mente automaticamente, ninguém cuida tão bem deles quanto eu e ninguém cuida tão bem de mim quanto eles”, diz ela. Os cuidados diários com animais de estimação podem ser terapêuticos e trazer muitos benefícios para a saúde, tanto mental quanto física, inclusive no período longe de tratamentos como a psicoterapia. “Eu converso com eles e sei que me entendem. São eles que me ajudam a passar os dias sem o auxílio de terapia”.

Animais de estimação também podem aliviar doenças físicas

O irmão mais novo da estudante Júlia Alves, de 17 anos, tinha crises de asma frequentes que prejudicavam seu convívio escolar e o dia a dia da família. Após o médico ter recomendado adotarem um jabuti – com as devidas adaptações do lar para o animal – entretanto, as coisas nunca mais foram as mesmas. “Depois disso, mesmo com a chegada dos gatos na minha casa meu irmão não demonstrou crise alérgica por um bom período de tempo e não precisa mais fazer o uso da bombinha”, conta ela. Apesar de haver a crendice de que o jabuti “puxa para si” doenças respiratórias, o fato é que a melhora reside no contato e no convívio diário com um animalzinho de estimação, que fortalece o sistema imunológico e melhora o emocional.

Benefícios que nunca acabam

É consenso que os pets só fazem bem. Além de auxiliarem no tratamento de diversas doenças, eles ajudam a manter atividades físicas regularmente, detectam doenças, ajudam na sociabilidade, aliviam o estresse, melhoram o bem-estar e até reduzem a pressão arterial. “Os animais são capazes de cuidar de você sem que você perceba, te fazendo um carinho, deitando com você em uma noite solitária, sendo companhia na rua, fazendo gracinhas para te fazer sorrir”, pontua Evellyn.

Todos os entrevistados concordam que os animais de estimação foram decisivos em suas vidas. “As pessoas têm que saber da importância que é ter um bichinho para ajudar em doenças, tanto físicas quanto mentais. É inexplicável o bem que eles fazem”, finaliza Débora.

Encontre nossa página no  Pinterest  facebook

lilica

Olá , “O segredo da saúde mental e corporal está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro, nem se adiantar aos problemas, mas viver sábia e seriamente o presente.”dicas de saúde, bem estar, cuidado com corpo e mente saudável . invista em você !! tenha uma boa qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *